quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

AMOR POSSESSIVO






Desnudar-te-ei como o sol nascente

Desnuda os mistérios da noite.


Desnudar-te-ei corpo, mente e alma,


Expondo tua beleza, sabedoria e nobreza.


Em teu lindo corpo sugarei o néctar


De tua boca, da gruta do amor.


De tua mente roubarei a poesia


Em que transformaste tua vida,


E de tua alma apossar-me-ei


Da quietude e mansidão.





Soriévilo 30/07/08

Nenhum comentário:

Postar um comentário